English (United States) Español (España) Português (Portugal)




segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

 

É «inaceitável» que muitas farmácias hospitalares «funcionem em pré-fabricados a cair de podres»
afirmou Carlos Maurício.

Ver notícia em 



Clique na imagem ou aqui para ter acesso à reportagem fotográfica

 

 

24 de Maio de 2016
Salão Nobre da Ordem dos Médicos 
R. Delfim Maia 405, 4200
Porto 



Top & Fast meeting
Fluxo Seguro no Medicamento
segurança nos fluxos operacionais

Presidentes do Conselho de Administração, Diretores Clínicos, Diretores de Serviço, Farmacêuticos Hospitalares e Administradores Hospitalares
Hospitais Convidados

Início 10h00 - Fecho 13h00
10h00
Abertura 
Leonor Furtado 

Inspetora-Geral IGAS Inspeção Geral das Atividades em Saúde



Fluxos Seguros | Pontos Críticos. Quais? Que risco?
Identificação dos 3 pontos críticos de maior risco
Mesa Redonda, Hospitais Convidados 
Moderador 
António Oliveira e Silva
Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de São João
 
11h20
Coffee Break

11h30
Fluxos Seguros | Como conseguir?
Experiências e Soluções
Moderador
Paulo Barbosa
Diretor Clínico CHP Centro Hospitalar do Porto
Apontamentos
Armando Alcobia
Diretor de Farmácia do Hospital Garcia da Orta
Patricia Matos
Farmacêutica Simposium Terapêutico

12h45
Comentário Final
Maurício Barbosa
Professor da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, Ex-Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos
Miguel Guimarães
Presidente da Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médicos
 

 

A segurança nos fluxos operacionais do medicamento envolvendo a prescrição, o controlo da prescrição, a aquisição, armazenamento, distribuição, manuseamento e dispensa, é hoje uma das preocupações permanentes dos profissionais envolvidos em todos os circuitos. Identificar os pontos críticos de mais elevado risco, onde se podem verificar eventos adversos, e encontrar soluções que os minimizem ou eliminem é fundamental. Não são poucas as situações em que os danos causados a pacientes são irreparáveis. 

O formato da sessão será de Mesa Redonda com duas rondas, a primeira destinada a identificar os três mais importantes riscos, e a segunda a estudar eventuais metodologias e soluções. Terá seguramente esta iniciativa um impacto sensibilizador e dinamizador. 

Na primeira ronda, cada hospital disporá no início de de 10 minutos para discutir e acordar os 3 maiores riscos que apresentará na Mesa Redonda, e que eventualmente já tenha previamente abordado entre si. O moderador analisará os resultados das intervenções das delegações e submete-los-à a comentário.

Na segunda ronda, serão estudadas metodologias com vista a encontrar soluções. 

 

Centro Hospitalar do Porto
Paulo Paiva
Médico e Presidente da CFT Comissão de Farmácia e Terapeutica
Patrocinia Rocha
Farmacêutica e Directora dos S. Farmacêuticos
Gustavo Dias
Farmacêutico, Equipa do Circuito do Medicamento
Helder Sousa
Enfermeiro, Equipa do Circuito do Medicamento

Unidade Local de Saúde de Matosinhos
Cristina Paiva
Farmacêutica
Rita Alves
TDT Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica Farmácia
Marta Martins
Anestesista
Amélia Ferreira
Enfermeira
Susana Cardoso
Gestora 

Centro Hospitalar de São João
Carlos Alves
Médico e Presidente da Comissão de Farmácia e Terapêutica
Paulo Carinha
Farmacêutico e Diretor dos Serviço Farmacêuticos
Pedro Soares
Farmacêutico
Paula Cristina Costa
Enfermeira
Carmo Lessa
Enfermeira

Unidade Local de Saúde do Alto Minho
Almerinda Cambão

Diretora Serviço Farmacêutico
Leonor Rego
Farmacêutica
Miguel Vaz
Enfermeiro

IPO-Porto
Ilídio Cadilhe
Vogal do Conselho de Administração
Ana Raimundo
Médica
José Carlos Pimentel
Adjunto Enfermeiro Diretor
Florbela Braga
Diretora Serviços Farmacêuticos
Luísa Barros
Farmacêutica

Centro Hospital Tâmega e Sousa
Filipa Carneiro
Médica
Diana Pereira
Gestora
Elza Pint

Enfermeira
Claudia Leitão
Farmacêutica
Rita Araújo
Farmacêutica

Hospital Ovar - Dr. Francisco Zangalo
Maria Júlia Lopes Oliveira
Diretora Clínica

Lúcia Maria Oliveira Dias Monteiro
Enfermeira Diretora
Patricia Meireles Henriques de Castro
Diretora Farmácia

Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia
Ana Clara Coelho
Diretora Clínica
Aida Batista
Responsável Farmacêutica
Cecília Ramos
Designada pelo Sr. Enfermeiro Diretor
Paulo Lobo
Área de Gestão

Centro Hospitalar Alto Ave
Adriana Araujo
Diretora dos Serviços Farmacêuticos
Sofia Jordão
Farmacêutica

José de Mello Saúde
Maria Teresa Pereira
Diretora Coordenadora


Centro Hospitalar Entre o Douro e Vouga 
em registo

Contactos E-mail. sec@apegsaude.org Tel. +351 936712131

Privacidade  |  Condições de Utilização
Copyright 2010 by APEGSAUDE